A Associação de Logoterapia Viktor Emil Frankl – ALVEF, fundada em 15 de maio de 1999, é uma Entidade Civil, com personalidade jurídica de direito privado e sem fins lucrativos. Nasceu da idéia, já consagrada em inúmeros países do mundo, de difundir as teorias e práticas da Escola de Viktor Emil Frankl. Com o intuito de promover a saúde integral, individual e familiar, ALVEF tem como objetivo a realização de atividades culturais e científicas, sempre ligadas à Psicologia. Estas atividades tem por finalidade a informação, formação, especialização e treinamento de profissionais e voluntários, visando possibilitar serviços a preços acessíveis e ou simbólicos à comunidade em geral, e de modo especial à população carente. Consta também dos projetos da Associação, editar publicações, abrangendo todas as finalidades propostas.

PROPOSTAS DE ATENDIMENTO À POPULAÇÃO:

1) Capacitar profissionais e voluntários, através de formação e especialização, visando disponibilizar pessoas aptas a oferecer serviços de atendimento às escolas carentes, postos de saúde, hospitais, creches, asilos e associações de bairros.
2) Programa de atendimento à população, em nossa própria sede, através de Atendimento psicológico e de um Centro de Aconselhamento, destinado a jovens, idosos, casais e à família em geral.
3) Analisar as necessidades da população, visando a criação de cursos específicos para atender as prioridades, como em assuntos ligados à drogadição, alcoolismo, abusos sexuais, situações de abandono, violência doméstica e maus tratos em geral.
4) Elaboração de projeto de capacitação de profissionais, para atuação junto à população carcerária, na qual a mensagem da Logoterapia certamente encontrará boa ressonância.
5) Disponibilizar profissionais e voluntários vinculados à Associação, que estarão aptos a atuar no atendimento às pessoas que estiverem passando por situações de desespero e de sofrimento mental intenso, além de poderem também prestar atendimento em acidentes, tragédias, catástrofes e situações de calamidade pública em geral.
6) Colocar em prática projeto objetivando o atendimento às pessoas portadoras de doenças em fase terminal.
7) Organizar e disponibilizar programas educacionais, de Psicologia Preventiva, de Saúde Mental e de Serviços Comunitários.